domingo

E agora Tio Roy


Eu fiquei sabendo dessa história ontem e não tenho como não contar ela aqui...
Vou chamar o personagem principal de Roy, porque diz a lenda que ele se aparece muito com o Tio Roy da Família Dinossauro (lembra dele?). Então, o Roy (18 anos) tava se pegando com uma menina de 13 anos embaixo de um bloco e daí não se sabe bem porque um dos moradores do bloco, ligou para a polícia e reclamou.
A polícia chegou lá e chegaram perto deles, com cara de poucos amigos.
Perguntaram a menina, que estava com uma garrafa de whisky na mão quantos anos ela tinha e quando ela disse que tinha 13, o PM virou pro Roy com uma cara de MUITO puto e falou: - Quantos anos você tem muleque?
E o Roy respondeu que tinha 18. Daí o PM perguntou gritando com a menina: - Você bebeu essa garrafa?
E ela disse que tinha bebido só um pouquinho... "mas eu morro nesse prédio ó!" O PM entao perguntou pro Roy onde ele morava. E ao invés dele responder onde era, ele simplesmente levantou a mão e apontou uma direção qualquer e falou: Ali!
E dai foi que a coisa ficou tensa.
O PM olhou pro Roy e gritou: ENTRA NO CARRO MULEQUE.
Roy pegou a garrafa de whisky e começou a gritar, CHORANDO: Não me prende não, por favor! Não me prende!!
E o PM, já sem paciência gritou de novo: ENTRA NO CARRO MULEQUE.
Roy se desesperou, sentou na calçada, deu uns goles a mais e ficou choramingando pensando quanto tempo ia demorar até virar mocinha na prisão.
Em meio a esse pensamento Roy ouviu lá no fundo do seu conciente a voz do PM falando: A DONZELA VAI FICAR AÍ A NOITE TODA? ENTRA NO CARRO!
E realmente nao era sonho.
o PM estava na sua frente, praticamente puxando ele pra dentro do carro.
Ele finalmente se rendeu. Quando entrou no carro o policial perguntou: - Onde você mora?
E o Roy ficou num dilema, não sabia se dizia a verdade ou não. E se o PM pegasse ele mentindo? Ia ser pior ainda! Falou a verdade em meio aquele cagaço todo. - Guará.
E o PM continuou: QUAL O ENDEREÇO? Então Roy pensou de novo e aí respondeu (a verdade) - Quadra 26. Entao o policial foi entrando na rua dele. E foi andando até o conjunto, passou por todas as casas e quando chegou no final da rua, Roy já estava pensando que iria levar uma mega surra dele. (mas pelo menos estaria perto de casa!)
Foi entao que o policial disse pra ele descer do carro e foi descendo também!
Roy travou mais do que tudo, nao passava NADA naquela hora.
Entao o policial chegou bem perto dele e disse: - Vai pra casa muleque e não dê mais bebida para menores de idade viu!?
E simplismente foi embora...
Roy ficou uns 5 min parado, olhando o carro indo embora, tentando entender o que tinha acontecido e pensando do que tinha se livrado... Foi caminhando moribundo pra casa... e quando chegou lá, sua mãe viu seu rosto vermelho de tanto chorar... e ela entao perguntou: O que houve meu filho, estava chorando?
Ele simplesmente balançou a cabeça dizendo que não e foi pro quarto...

Ouvindo o próprio Roy contar a história é a coisa mais engraçada que existe, porque ele coloca emoção na parada, mas acho que deu pra entender o susto que o guri passou com a polícia.

To be continued...

2 comentários:

Dart disse...

kkkk.. muito bom.. .faltou uns pedaços engraçado mas ele contando é algo ilário mesmo... ontem chorei de rir... Nossa.... dormi o domingo todinnho fui acordar só 17 e tantos.... Beijos mocinha.. até a proxima...

Uma guria aí disse...

huhauhauhauhua
É pq eu tava rindo tanto que num consegui asimilar muitos detalhes da história! hahahah

Beijos seu ridículooooooooo