sábado

Roubalheira


Já falei de várias partes relacionadas a amigos, agora vou começar a ir mais para o presente e falar dos amigos que tenho agora.

Eu namorava um cara que vou chamar de Shrek (sim, ele era um ogro!) e fiquei com ele por 2 anos. Durante esse tempo, como nao tinha muitos amigos pra sair, comecei a sair com os amigos dele. Primeiro andamos com a galera do Ninjutso. Era uma turma de 4 pessoas, Kedu, Lao, Shrek e Taz (apelidos esquisitos). Na época Kedu tava namorando com Loirinha, Lao tava namorando (até hj está) a Kat e o Taz namorava (ainda namora) a Kaka. Com o tempo, agregamos o Moi, o único solteiro da turma, junto com Dramático e Coquinha (haja apelido!).
Faziamos várias coisas juntos, cinema, playstation, reuniões, boates, bares. Era sempre muito legal andar com esse povo.
Blz blz blz. O kedu terminou com a Loirinha depois de um tempo e começou a ficar com a CP. A CP é uma mulher muito massa, um pouco mais velha que a maioria mais com muito mais pique que todo mundo.
Tava tudo lindo, nos divertíamos demais, ríamos e jogavamos Imagem & Ação sempre que possível.
Pra encurtar a história, o Kedu era de longe o melhor amigo do Shrek. E a CP virou minha amiga muito rápido e foi (é) uma amizade muito forte.
Com o passar do tempo eu fui ficando chateada com uma série de coisas que o Shrek tava fazendo e acabamos terminando.

É aí que a história começa.

Quando isso aconteceu, os amigos ficaram dando tanto atençao pra mim quanto pra ele, mas o problema é que o Shrek faz um pouco de doce e quer q as pessoas fiquem implorando para ele sair de casa, pra fazer algo, só que os amigos dele nao sao assim.
Todo mundo é muito prático. "Vai sair?" -"Nao quero, to triste!" - "Entao tá, melhoras, tchau!"
Daí o que aconteceu? Ele foi ficando de lado e foi ficando puto com todos os amigos dele pq achava que eles tavam mais comigo do que com ele, e de fato foi o que acabou acontecendo.

Talvez pelo doce que ele fazia, talvez pela pessoa legal q eu sou. Nao sei exatamente, mas sei que foi o q rolou. O Shrek brigou com todo esse povo e adivinha quem começou a andar com eles? Isso mesmo, eles viraram meus amigos.
"Oh meu deus, vc roubou os amigos dele!" Eu? Desculpa se sou legal, né? Nao foi de propósito, lembra da CP? Pois é, comecei a andar muito com ela e as vezes com o resto dos meninos. Sei que nunca deixei de ter contato com eles todos.

Em especial, CP e Taz foram os que mais me adoratam. A CP me apresentou todas as amigas dela, saimos juntas, fazemos muitas coisas juntas e sempre muito divertido.
O Taz me adorou pra vida de e da família. Quando eu to sozinha sem ter o q fazer, ficamos na casa dele com a maior galera, conheci mais pessoas interessantes com o Taz, dentre eles: Bigode, Bigodim e Publicitário. Pessoas especiais mesmo. Agora tenho esse núcleo de amizades de muito tempo (entre eles) e acho todos muito legais.

As irmãs do Taz e a família da Kaka (namorada dele) me adotaram também. Agora sou amiga de todos, participo de todas as festas, reuniões etc. Muito massa. Sempre fazemos nada juntos.

Ainda pretendo contar uma história muuiiiito enrolada aqui, mas também muito engraçada sobre esse povo.

Bom, é isso, o que tenho pra dizer é que estas pessoas sao sim especiais pra mim (e vc também Montanha!) e quero sempre te-las comigo. (ficou meio EMO né? Foda-se! haha)

To be continued...

2 comentários:

Cris disse...

Conhecendo muito bem a CP eu lembro muito bem dessa história e lembro que todos, mais novos de idade e não de espiritualidade, queriam ir embora e a CP sempre empolgada queria ficar até o amanhecer! rsssssss

Te Adoro Menina!

beijossssssss

Montanha disse...

Gostei da "iniciativa" do blog ... adoro tua vida.
Te apaixono!